fatos e mitos das banheiras
Data do post

maio 12

Tempo de leitura do post

1 min de leitura

Número de comentários

0 comentários

É Mito ou é Fato? Desmistificamos 7 boatos sobre Banheiras de Hidromassagem

É comum termos dúvidas quando desejamos adquirir um produto. Ainda mais quando se trata de uma banheira de hidromassagem: praticidade, gastos, instalação e outros fatores são questões recorrentes.

Pensando nisso, nós da Serras Banheiras respondemos 7 boatos sobre hidromassagens, para que você faça sua aquisição consciente e despreocupado. Entre comprar por impulso, ou optar pelo famoso “tiro no escuro”…  Que tal se informar e escolher pela melhor marca e pelas melhoras banheiras e ofurôs spa?

E aí, fato ou mito? Confira abaixo nossos fatos e mitos das banheiras!

“AS BANHEIRAS DE HIDROMASSAGEM AJUDAM A REDUZIR DORES MUSCULARES?”

VERDADE

Uma das principais características da hidromassagem é a redução da tensão muscular e aquecimento de áreas onde o jato de água está direcionado.

O posicionamento dos jatos de água varia dependendo da banheira em questão, mas geralmente ficam localizados para atuar na região dos pés, costas, laterais e parte de trás das coxas, aliviando tensão e rigidez muscular.

“QUANDO A HIDROMASSAGEM ESTÁ ATIVADA, O CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA DA MOTOBOMBA É GRANDE, CHEGA A SER MAIOR QUE UM FORNO ELÉTRICO.”

MITO

As motobombas das banheiras de hidromassagem geralmente possuem 1cv ou 2cv (cavalo) de potência, o que já é suficiente para pressurizar a água – e consomem em média somente 1,3 kw/h.

“A HIDROMASSAGEM AUMENTA O CONSUMO DE ÁGUA DAS BANHEIRAS.”

MITO

Na verdade, não há diferença! A água usada na hidromassagem é absorvida no interior da própria banheira, basta que a mesma esteja com água no nível do bucal de sucção da banheira ou ofurô, para levar a água ao sistema de hidromassagem.

“A HIDROMASSAGEM PODE CAUSAR CHOQUE ELÉTRICO POR USAR UMA MOTOBOMBA ELÉTRICA?”

MITO

A motobomba é um dispositivo isolado eletricamente, e todas as partes que entram em contato com a água são feitas plástico tratado de alta resistência – exatamente para evitar choques e garantir a máxima segurança.

“LIGAR O APARELHO DE HIDROMASSAGEM SEM QUE A ÁGUA ESTEJA NO NÍVEL CORRETO PODE DANIFICAR O SISTEMA DE HIDRO.”

VERDADE

O sistema das banheiras de hidromassagem pode ser danificado caso funcione sem água, uma vez que seu correto funcionamento depende da pressão da água na motobomba.

“O SISTEMA DE HIDROMASSAGEM NÃO PODE SER HIGIENIZADO CORRETAMENTE POR CONTER DUTOS INTERNOS, IMPEDINDO A LIMPEZA.”

MITO

Além de possuir um filtro que pode ser removido para higienização, o sistema interno de hidromassagem pode ser limpo sempre que necessário utilizando apenas água sanitária diluída. A eficácia da água sanitária diluída na água para limpeza dos dutos do sistema de hidromassagem chega a ser mais efetivo que, por exemplo, lavar a banheira com apenas água e sabão.

“É MAIS DIFÍCIL INSTALAR BANHEIRAS DE HIDROMASSAGEM QUE BANHEIRAS SEM HIDRO.”

MITO

As banheiras de hidromassagem requerem poucos cuidados a mais na instalação do que as banheiras comuns (sem hidro). Porém, isso não torna sua instalação um bicho de sete cabeças. Os dutos do sistema de hidromassagem são acoplados às banheiras, portanto a instalação hidráulica à base planejada para as banheiras de hidromassagem são bem semelhante aos passos de instalação de uma banheira comum.

E aí, você já sabia sobre esses fatos e mitos das banheiras? Qualquer outro questionamento ou sugestão, basta entrar em contato conosco.

Nós da Serras Banheiras somos experts quando se trata de hidromassagens de qualidade – e teremos o maior prazer em lhe atender!

0 comentários

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha os campos abaixo para fazer seu comentário. O seu endereço de e-mail não será publicado.