Notícias

banheiras de hidromassagem gastam muita água e energia blog

Banheiras de hidromassagem gastam muita água e energia?

Os banhos de hidromassagem são deliciosos: relaxam o corpo e ajudam a relaxar a mente. Além de serem um charme para o ambiente, são perfeitas para um momento especial de autocuidado, não é? Mas… depois de comprada e instalada, como ficam os gastos com a banheira? Será que os banhos de hidromassagem saem muito caros?

Muita gente acredita que os banhos de hidromassagem gastam muita energia, o que pode encarecer muito a conta de luz… Mas será que isso é real? Será que a hidro gasta tanto quanto um forno elétrico, por exemplo? A resposta é: NÃO!!! ufa!!!

Os equipamentos elétricos da banheira não precisam de muito para funcionar. As motobombas, responsáveis por fazer a hidromassagem circular a água, tem de 1CV a 2CV (cavalos) de potência, o que é BEM MENOR do que a de muitos outros eletrodomésticos de casa, fazendo com que eles utilizem bem menos energia do que os outros!

Além disso, outro fator que pode encarecer os banhos é a quantidade de água que você utiliza em cada um deles. Individualmente, não é algo que vá alterar sua conta de água, mas se todos os dias, você encher a banheira, ao final do mês você sentirá uma diferença. 

Para diminuir esse efeito na conta, você pode reaproveitar a água por mais de um banho, por exemplo, ou espaçar mais os dias de uso da banheira. Além disso, é importante lembrar que você só pode ligar a hidromassagem quando o nível de água cobrir as motobombas. Caso o contrário, além do sistema não conseguir movimentar a água e fazer a hidromassagem funcionar, as motobombas podem queimar pela falta d’água nelas!

 Mas nada impede de você economizar  optando por não utilizar sempre os jatos de hidromassagem, também. Neste caso, você pode colocar água na banheira de acordo com a sua vontade: para molhar somente os pés, água na altura da cintura ou até na altura dos ombros, dependendo da altura da banheira. Você quem decide. O nível de água só se torna importante caso você decida por ligar a banheira, pelo risco de queimar o circuito da hidromassagem como comentamos acima.

Ah, importante lembrar, já que estamos falando de hidromassagem: você só pode ligá-la quando o nível de água cobrir as motobombas. Caso o contrário, além do sistema não conseguir movimentar a água e fazer a hidromassagem funcionar, as motobombas podem queimar pela falta d’agua nelas!

O nível de água também é um ponto importante. Caso não ligue a hidromassagem, você pode colocar água na banheira de acordo com a sua vontade: para molhar somente os pés, água na altura da cintura ou até na altura dos ombros, dependendo da altura da banheira. Você quem decide. O nível de água só se torna importante caso você decida por ligar a banheira, pelo risco de queimar o circuito da hidromassagem como comentamos acima.

Assim, basicamente, os custos dos banhos de banheira com hidromassagem dependem muito de seu uso e frequência: quanto mais banhos, mais cara a conta fica. Se um banho foi analisado individualmente, você verá que ele não tem um custo alto.

Agora que você já sabe que os banhos de hidromassagem só dependem de você, que tal realizar esse sonho? Confira nossos melhores modelos!

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *